IBT

IBT

DESTAQUES

DINHEIRO RÁPIDO E FACIL

DINHEIRO RÁPIDO E FACIL

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Mulher confessa ter pendurado grávida e arrancado feto com faca de cozinha



A Polícia Civil investiga o casal Angelina Ferreira Rodrigues, de 40 anos, e Roberto Gomes de Souza, de 57, suspeitos de matar Mara Cristina Ribeiro da Silva e retirar bebê da sua barriga. O crime aconteceu na cidade de João Pinheio, noroeste de Minas Gerais. 
Angelina afirmou, em depoimento, que atraiu a vítima até a BR-040, onde a estrangulou com o fio de metal. Depois, retirou o bebê da barriga dela enquanto a vítima ainda estava viva, segundo informou a Polícia Civil (PC). 
Logo depois de enforcar a vítima, Angelina disse que pendurou o corpo em uma árvore e realizou o parto clandestino utilizando uma faca de cozinha. 
Nesta quarta-feira (17), a PC divulgou o depoimento da mentora do crime. Ela deu detalhes do crime macabro, confessou que planejou toda a trama para poder retirar a criança de Mara. 
Angelina e Roberto tiveram a prisão decretada. A recém-nascida foi atendida no Hospital Municipal de João Pinheiro e transferida para o Hospital São Lucas, em Patos de Minas, no Alto Paranaíba onde se recupera de um corte na cabeça sofrido durante as agressões da mãe.  
O casal foi encaminhado para unidades do Sistema Prisional de Minas Gerais. Eles vão responder por homicídio qualificado e por dar parto alheio como próprio. Se condenados, podem pegar até 30 anos de prisão. 
O corpo da vítima passou por necropsia na noite desta terça e foi sepultado na manhã desta quarta, em Joao Pinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IBT

IBT

EMPRESTIMOS CONSIGNADOS

EMPRESTIMOS CONSIGNADOS