Governo do Estado

IBT

IBT

Governo do Estado

DESTAQUES

DINHEIRO RÁPIDO E FACIL

DINHEIRO RÁPIDO E FACIL

terça-feira, 3 de abril de 2018

JAGUARARI: TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA BAHIA MANTÉM DECISÃO DA CÂMARA E FABRÍCIO D’AGOSTINO É CONFIRMADO PREFEITO DE JAGUARARI



O Presidente do TJ-BA, Desembargador Gesivaldo Britto, anulou a decisão do Juiz plantonista, Dr. João Batista Alcântara Filho, que no último sábado (31/03) proferiu decisão equivocada suspendendo a cassação do prefeito tucano, Sr. Everton Carvalho Rocha. Segundo a decisão de Gesivaldo, a decisão proferida pelo Juízo Plantonista, é totalmente ineficaz e causa tumulto processual. O Desembargador pontual que o artigo 4º, § 8º, da Lei nº.  8.437/92, esclarece: “as liminares cujo objeto seja idêntico poderão ser suspensas em uma única decisão, podendo o presidente do tribunal estender os efeitos da suspensão a liminares supervenientes, mediante simples aditamento do pedido original” e que decisão idêntica já teria sido suspensa pela Presidência do TJ e que só instância superior teria competência para revogá-la. Britto ressaltou ainda que o apelante, Everton Rocha, teve pedido similar indeferido pela Juíza, Dra. Lídia Izabella Gonçalves de Carvalho Lopes, que ressaltou em sua decisão: “(...) No caso, respeitados os limites cognitivos do pedido de suspensão, a decisão impugnada, de fato, fere a ordem pública, porquanto representa uma indevida interferência do Judiciário nos atos interna corporis da  Câmara  Municipal  (…), fragilizando  o  princípio  da  separação  e  harmonia  entre  os  poderes  (…) mantendo-se a Sessão de Julgamento designada para o dia 29/03/2018 (...)”.
A decisão do TJ-BA põe fim a “guerra” de liminares, no objeto deste processo até que seja deliberado pleno. (Fonte: Jaguarari Online)

Um comentário:

  1. Sem sobra de dúvidas afirmo que os vereadores e o presidente da Câmara de Jaguarari são inúteis
    Estão acabando com cidade por causa de perseguição política vão trabalhar seus vagabundos

    ResponderExcluir

Governo do Estado

IBT

IBT

Governo do Estado

EMPRESTIMOS CONSIGNADOS

EMPRESTIMOS CONSIGNADOS