O TRABALHO NAO PARA

DESTAQUES

O TRABALHO NÃO PARA

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Quatro linhas metropolitanas de ônibus fazem ponto final na Estação Mussurunga


A partir desta sexta-feira (15), o Terminal de Ônibus Metropolitano de Mussurunga passa a ser ponto final também das linhas 819I2.URB (Simões Filho), 808I.URB (Camaçari), 807.URB (Monte Gordo), 138.URB (Praia do Forte). Para a integração total dos ônibus metropolitanos, o Governo do Estado vem negociando com a Prefeitura, com o intermédio do Ministério Público, em reuniões como a que ocorreu nesta quinta-feira (14). A previsão é que no dia 26 de setembro seja assinado um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) para que a integração seja efetivada. 
Fiscais da Agerba vão acompanhar os primeiros dias da alteração, e funcionários do metrô orientam os passageiros e auxiliam na integração ao longo de toda semana. Dúvidas, reclamações e elogios podem ser registrados junto a Ouvidoria da Agerba através do telefone 0800 071 0080 ou e-mail agerba.ouvidoria@agerba.ba.gov.br .
 Segundo o secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, a integração completa continua sendo discutida. “Nós já temos uma metodologia para chegar a um consenso. Vamos ter reuniões analisando todos os aspectos do TAC ao longo da próxima semana. Caso não se chegue a um acordo para a integração dos passageiros metropolitanos, vai prevalecer o que dissemos que é licitar e fazer a integração por um sistema alternativo, o que nos é permitido”.
 Morador da região metropolitana, Daniel Martins, 40 anos, faz faculdade na Avenida Paralela e agora utiliza a integração todos os dias. “O sistema melhorou muito. A gente vem até aqui na estação de ônibus, pega o metrô sem pagar outra passagem e desce em frente à faculdade. Facilitou bastante. Com o tempo e com o dinheiro que a gente economiza todos os dias dá para resolver algumas coisas”.
 O rodoviário Elcio Silva afirma que o trânsito na Avenida Paralela já melhorou com o metrô em funcionamento. “Menos ônibus circulando já é melhor, agora outra coisa que beneficia são os viadutos para retorno, que tiram as sinaleiras. Com certeza o trânsito vai fluindo cada vez melhor”. Segundo o secretário da Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, a avenida Paralela vai retomando a sua vocação de Via Expressa. “A cada linha dessa são vários ônibus retirados, principalmente no horário de pico, favorecendo a mobilidade”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário