IBT

IBT

cavalgada Geladão dos Amigos

cavalgada Geladão dos Amigos

GOVERNO DO ESTADO

DESTAQUES

GOVERNO DO ESTADO

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Programa Mediotec abre espaço para ensino profissionalizante na Bahia



Mais uma oportunidade para quem quer se profissionalizar, o Mediotec oferece 27 cursos técnicos de nível médio, por meio da Rede Estadual de Ensino. No primeiro dia de aula, nesta segunda-feira (11), no Centro de Educação Profissional em Música, que funciona no bairro de Nazaré, em Salvador, representantes da Secretaria de Educação do Estado explicaram para os alunos o que é e como funciona o programa.
A diretora da Superintendência de Educação Profissional e Tecnológica da Secretaria da Educação, Danile Sanches, informou que são oferecidos cursos em várias áreas, como manutenção e técnico em informática, telecomunicações, mecânica, canto, design, turismo e cozinha, ou seja, oportunidade para diferentes perfis.
Sanches explicou ainda que o Mediotec é um dos braços do Pronatec, junto à estrutura de secretarias estaduais. “É voltado para alunos de 15 a 19 anos que estejam cursando o segundo e o terceiro ano do ensino médio. Atualmente, estamos em 37 municípios e temos 56 turmas formadas, totalizando 1.414 vagas de alunos já inscritos e selecionados”.
Ainda segundo a diretora, além do curso, os alunos têm outras oportunidades de ingressar no mercado de trabalho, a partir do ensino profissionalizante. “Existem duas opções, um dos primeiros módulos que trabalhamos com estes alunos é o empreendedorismo, pois o técnico não precisa ser empregado, ele pode ser também um empreendedor e empregador. O aluno tem ainda a opção de ingressar no mercado de trabalho por meio do Programa Primeiro Emprego”.
Shelton Garcia, 17 anos, já ingressou no curso com o know how de quem toca no Neojiba. Ele aposta na profissionalização para seguir carreira. “Eu espero que, após essa oportunidade que o Governo do Estado está proporcionando para nós, as portas se abram. Então vou ampliar meus conhecimentos aqui e aguardar eventos, conhecer pessoas, receber propostas”.
Driele Oliveira, 16, também já conhece a música enquanto área do conhecimento e pretende se profissionalizar. “Eu procurei o Mediotec porque já fazia percussão em outro lugar, mas o curso profissionalizante abre mais portas. Eu gosto de música, dos instrumentos, então fui incentivada a me profissionalizar. Eu espero enriquecer meu currículo, tocar em bandas, conhecer outras pessoas da área, seguir essa carreira”, revelou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

GOVERNO DO ESTADO