IBT

IBT

cavalgada Geladão dos Amigos

cavalgada Geladão dos Amigos

GOVERNO DO ESTADO

DESTAQUES

GOVERNO DO ESTADO

sábado, 16 de setembro de 2017

Base Comunitária de Camaçari completa três anos promovendo inclusão social de jovens


Inclusão de jovens no esporte, na arte e no caminho do bem. A parceria Polícia Militar/comunidade completou aniversário com importantes resultados para a Segurança Pública em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Mais de 100 jovens fazem parte de projetos sociais desenvolvidos na Base Comunitária de Segurança (BCS) do município, que completa três anos de criação. 
De acordo com comandante da BCS, capitão Arivaldo Arcanjo, a confiança da população no trabalho da polícia tem aumentado em Camaçari. “Eles já conseguem enxergar o policial militar como um amigo que eles podem contar para qualquer coisa. Esta relação contribui para a gente conseguir manter a ordem”. 
Ainda segundo o comandante, são várias as maneiras que a Polícia Militar tem encontrado para intervir positivamente na vida em comunidade. “Registramos uma redução da violência aqui em Camaçari. Além da ação do policiamento ostensivo, temos procurado complementar a educação que é dada em ambiente familiar, e isso tem sortido resultados”. 
A BCS Camaçari conta com um efetivo de 41 policiais militares atendendo à comunidade na parte operacional, com três viaturas quatro rodas e duas viaturas duas rodas (motocicletas). No período de janeiro a setembro deste ano, a base já realizou 453 visitas comunitárias, apreendeu uma arma de fogo calibre 32 e 53 veículos com irregularidades, recuperou oito veículos, abordou 3.259 pessoas suspeitas e 1.724 veículos suspeitos, efetuou seis prisões e uma condução de menor infrator. 
Atualmente, a unidade desenvolve cinco projetos sociais, com participação direta de 101 pessoas, entre adultos e crianças. São o ‘Arte é Vida’, oficina de pintura em tecido para mulheres da comunidade; o ‘Luta Cidadã’, em que o boxe é ensinado para o público da comunidade; o ‘Ginga Comunitária’, que ensina a arte da capoeira, e o ‘Tênis de Mesa e Xadrez para Vencer’. 
O garoto Eduardo Vitorino participa das aulas de capoeira. Entre um movimento e outro, ele vai aprendendo a conviver bem com amigos e familiares. O seu comportamento já é resultado dos valores que são passados pelo professor. “Ele passa para a gente que devemos respeitar nossa família, nossos amigos, nossos colegas de escola. Também incentiva que a gente estude e hoje minhas notas são boas”. 

Outras ações
Além dos projetos, a BCS realiza outras ações de cunho social, como a campanha de agasalho, com a arrecadação de vestuário e posterior entrega às instituições carentes; ‘Olimpíadas BCS’, que contempla modalidades de práticas desportivas para descobrir e promover novos talentos no esporte; Centro Digital de Capacitação, ambiente equipado com computadores e destinado à inclusão digital; e arrecadação de brinquedos para crianças carentes. 
As Bases Comunitárias de Segurança constituem um projeto do Governo do Estado, por meio do Programa Pacto pela Vida, e representam uma inovação estrutural, além de uma aproximação da polícia comunitária com a população. Ao todo, são 18 no estado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

GOVERNO DO ESTADO