O TRABALHO NAO PARA

DESTAQUES

O TRABALHO NÃO PARA

sábado, 16 de setembro de 2017

Arte, música e gastronomia se misturam no Festival Tempero Bahia


Uma mistura de cultura, com arte, música, e muitos sabores movimenta o Passeio Público do Palácio da Aclamação, em Salvador, neste final de semana. Nestes sábado e domingo (16 e 17), o Festival Tempero Bahia movimenta o espaço, administrado pelo Governo do Estado, com feira de artesanato, festival de música instrumental, aulas de gastronomia, área destinada às crianças e muitas outras iniciativas, tudo aberto ao público. A programação, uma  opção de lazer para todas as idades, começa às 11h e segue até às 20h.
O evento, realizado pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet,  com o apoio do Governo do Estado, via secretarias estaduais de Cultura (Secult/Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural), Turismo (Setur) e Comunicação (Secom), oferece o Musica Instrumental com Tempero e o Mercado do Passeio, com artesanato, roupas, produtos regionais, cachaça, comida baiana e outras opções. 
Para o primeiro Cozinha Show, foram convidados os alunos do Colégio Estadual Luís Viana, em Brotas, e do Centro Educacional Profissional Empreende Bahia, em Água de Meninos. Os alunos do curso técnico de Gastronomia, como Sara Rubia, aproveitaram a oportunidade de ter uma experiência única. "Fora da sala de aula é tudo diferente, e conhecer chefes renomados é muito bom. Ver o modo como eles trabalham é enriquecedor. Eu estou aqui atenta a tudo. Quero aproveitar tudo que eu tiver direito, pois vim para absorver tudo que eu puder", disse a estudante.
Com essa plateia, o chef pernambucano Cesar Santos inaugurou a mesa do Cozinha Show com o ‘Que coisa é essa? A Cozinha de Cesar Santos- Camarão com Caju’, na manhã deste sábado, e falou sobre a importância de incentivar o ensino da gastronomia. “Eu acho importantíssimo a presença dos estudantes porque são eles que vão levar, num futuro próximo, o nome da Bahia e do Brasil para todos os lugares"

Por isso, afirmou o chefe "também trouxemos ingredientes muito nordestinos, como o leite de coco, o camarão, o caju, porque queremos incentivar essa valorização da cultura e de todos os seus elementos”. A programação do Cozinha Show inclui ainda outros sete chefs, como Beto Pimentel, Tim Viana, Durval Libânio Mello e muito mais. As aulas são gratuitas, têm duração de uma hora e acontecem a partir das 11h, até as 16h30.
Quem abre a programação musical do Tempero Bahia é a Orquestra Paulistana de Viola Caipira, que se apresenta neste sábado, às 17h, seguida pela CPI – Choros e Populares Instrumentais, com a presença de músicos da banda Terra Brasilis, mostrando ao público um repertório onde entram chorinho, baião, samba e frevo, entre outros ritmos, às 18h30.  No domingo (17), a abertura acontece às 16h30, com o maestro Fred Dantas e banda, e às 18h, o grupo Viola de Arame finaliza a programação.

Festival até o próximo dia 24
As atividades realizadas no Passeio Público integram a programação ainda mais ampla do festival, que começou no dia 14 e segue até o 24 próximo, em 23 restaurantes de Salvador. Tendo como tema ‘Baía de Todos os Santos – da carne de fumeiro aos frutos do mar’, os chefs foram desafiados a criar pratos com a temática e, no período do festival, os baianos e turistas vão poder conferir esses pratos especiais. 

De acordo com a organizador e produtora, Djanira Dias, acontece em três momentos distintos. “Além da feira e do grande festival acontecendo nos restaurantes, promovemos também jantares, como o da próxima terça-feira [19], o Lounge Dinner, que é beneficente, no restaurante do Convento do Carmo, com Tereza Paim, e mais onze chefs. É uma grande mobilização cultural e gastronômica para os baianos”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário