O TRABALHO NAO PARA

DESTAQUES

O TRABALHO NÃO PARA

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Felix Junior vota Não e Elmar vota Sim pela continuidade do governo Temer


A maioria dos deputados federais baianos votou a favor da investigação do presidente Michel Temer (PMDB) por corrupção passiva, como sugeria a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR). Ao todo, 21 parlamentares votaram para que a denúncia não fosse arquivada, enquanto 17 ajudaram o peemedebista a permanecer na Presidência.

Foram favoráveis à aceitação da denúncia: Afonso Florence (PT), Alice Portugal (PCdoB), Antonio Brito (PSD), Bacelar (PODE), Bebeto (PSB), Caetano (PT), Daniel Almeida (PCdoB), Félix Mendonça Júnior (PDT), Fernando Torres (PSD), Irmão Lazaro (PSC), João Gualberto (PSDB), Jorge Solla (PT), José Nunes (PSD), Josias Gomes (PT), Jutahy Junior (PSDB), Nelson Pellegrino (PT), Paulo Magalhães (PSD), Sérgio Brito (PSD), Uldurico Junior (PV), Valmir Assunção (PT) e Waldenor Pereira (PT). Votaram contra a aceitação da denúncia os deputados: Antonio Imbassahy (PSDB), Arthur Oliveira Maia (PPS), Benito Gama (PTB), Cacá Leão (PP), Claudio Cajado (DEM), Elmar Nascimento (DEM), Erivelton Santana (PEN), João Carlos Bacelar (PR), José Carlos Aleluia (DEM), José Carlos Araújo (PR), José Rocha (PR), Lucio Vieira Lima (PMDB), Márcio Marinho (PRB), Mário Negromonte Jr. (PP), Pastor Luciano Braga (PRB), Paulo Azi (DEM) e Roberto Britto (PP). Ronaldo Carletto (PP) não compareceu à votação.BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário